segunda-feira, 5 de outubro de 2009

Istanbul II




Não descansei enquanto não vi o sol a pôr-se na "Sultan Ahmet Camii". Desta vez com mais expectativa e ansiedade de tornar a ver a sua grande estrutura em tons de azuis. Não é por acaso que é apelidada de "Mesquita Azul", tanto o seu exterior como os mosaicos e ornamentos do interior são dos tons da cor do céu e do mar.

É sempre uma excitação quando falo de Istanbul, mas realmente, esta cidade tem um poder sob mim inexplicável!
Esta é uma das razões. Aquando a hora de oração chega, sente-se arrepios de cima a baixo, os pássaros voam desenfreados pois o seu poiso no alto dos minaretes foi incomodado por um imã que chama os seus fiéis, o cheiro a elma çay (chá de maçã) anda no ar e mesmo não sendo muçulmano não se fica indiferente á melodia do chamariz.


Só me apercebi que lá estava quando pus os pés outra vez naquela cidade. Mais uma viagem para contar e uma história para guardar, ficando o desejo de ainda lá voltar SÓ uma vez mais.

video

Teşekkür Ederim!

5 comentários:

Pedro disse...

O melhor deste post é o filme, é de uma qualidade excelente.

Adorei de ir a istambul contigo.

Xuta...Um Beijo

Sofia disse...

Deves ter realmente muitas mais histórias para contar, acredito que Istambul seja uma cidade magnifica. Mais uma vez deixas aqui um relato entusiasmante.

Jinhos... Sofia.

Filipa Vieira disse...

Gostei do filme! Apareces "por acaso"! Só tu!!!

Quando quiseres voltar SÓ mais uma vez...podes levar-me ctg??? =)

Gostei!!

**

E. disse...

Adorei ver a minha cidade pelos teus olhos, querida Inês! Próxima vez, tens que visitar as zonas menos exóticas e turísticas como:

-As ilhas,
-Nisantasi (uma zona onde maioria das historias do Orhan Pamuk passa,
-Bagdat Caddesi.

öptüm!
Eda

Tiago Viana disse...

Relato e filme muito interessantes.
Viajada como és, certamente já viste o pôr-do-sol na Praça Michel Angelo em Florença.
Também é muito bonito. Falta-lhe talvez a conotação cultural do que presenciaste em Istambul... ou talvez não.